Você sabe o que é mentoria? Descubra se seu negócio precisa de uma!

Guia do MEI e ME
Publicada em 05/12/2018 - Fonte: Serasa Empreendedor

Definitivamente, o caminho para o sucesso não é trilhado da noite para o dia. E isso vale para qualquer universo, inclusive o do empreendedorismo! A verdade é que contar com a experiência de quem já lutou para conquistar seu lugar ao sol é uma vantagem e tanto, especialmente no começo da jornada. Pois aí entra a mentoria!

Mentores são profissionais bem-sucedidos em seus ramos de atuação que colocam sua experiência e seu conhecimento a serviço de empreendedores e profissionais. A ideia é ajudá-los a conquistar objetivos pensando no longo prazo. Quer saber mais sobre essa orientação que pode ajudá-lo a aprender a empreender? Então este post é para você. Confira!

O que faz um mentor de negócios?

Basicamente, a mentoria de negócios é uma ferramenta que ajuda os empreendedores ou mesmo os funcionários de uma empresa a conhecerem melhor o mercado por meio do conhecimento de alguém com mais experiência — o mentor.

O trabalho do mentor tem como foco ajudar os clientes, individualmente ou como empresas, na conquista de seus objetivos. Como alguém que tem uma capacitação única, o mentor oferece seu conhecimento, seus aprendizados e conselhos no sentido de guiar os mentorados na direção certa.

Esse profissional faz as vezes de um conselheiro, que ajuda empreendedores a traçar ou ajustar objetivos de desenvolvimento do negócio, bem como a identificar recursos e estabelecer novos contatos. Trata-se de um processo que leva algum tempo. Nesse caminho, o papel do mentor se desenvolve conforme as necessidades do mentorado ou do próprio negócio.

A relação estabelecida costuma ser próxima, informal e de muita empatia e confiança, uma vez que o mentor já viveu situações e desafios que hoje ajuda seus clientes a superar, compartilhando conhecimentos e habilidades de forma customizada, sempre tendo como fim o sucesso do mentorado.

Como mentoria e coaching se diferem?

Agora que você já sabe o que faz um mentor, deve estar se perguntando se seu trabalho não seria o mesmo realizado por um coach, certo? Na verdade, não. Estamos falando aqui de conceitos, modalidades e ideias absolutamente diferentes.

Em poucas palavras, podemos dizer que o coaching é um processo mais formal e estruturado. Nesse modelo, o coach trabalha habilidades específicas no coachee por meio de tarefas concretas, a fim de ajudá-lo a atingir metas em um prazo determinado.

Para ficar mais claro, listamos aqui as principais diferenças entre os 2 processos. Veja só:

  • a mentoria é um processo mais longo, focado na construção de uma relação de confiança e respeito entre mentores e mentorados, enquanto o coaching tem como foco tarefas específicas, que devem ser realizadas em um prazo mais curto;
  • a mentoria cria uma associação informal entre mentor e mentorado, enquanto o coaching é mais formal e estruturado;
  • o mentor de negócios tem experiência direta no ramo do mentorado, enquanto o coach não necessariamente tem uma atuação tão específica;
  • o foco de trabalho de um mentor está no desenvolvimento de habilidades que servirão tanto para o presente como para o futuro do negócio, enquanto o coach se volta para resultados mais imediatos, como a resolução de problemas específicos.

Quais são as principais vantagens da mentoria?

Uma das características do processo de mentoria é que ele traz vantagens a curto, médio e longo prazos, podendo ser muito benéfico, por exemplo, para pequenos empresários e Microempreendedores Individuais (MEIs), que não contam com uma grande equipe para trocar experiências. Continue acompanhando para conhecer alguns dos principais benefícios da mentoria!

Perspectiva completamente nova

A experiência e o profissionalismo do mentor permitem que o empreendedor enxergue o próprio negócio a partir de uma perspectiva completamente nova. Sozinho, esse processo poderia demorar muito mais, talvez nem mesmo acontecendo. É, portanto, como estar alguns passos à frente, com segurança e embasamento.

Foco em questões importantes

Uma grande vantagem trazida por quem já trilhou determinado caminho é trazer o foco do empreendedor para questões críticas do negócio, detalhes que podem acabar passando despercebidos.

Pense bem, afinal: enquanto o empreendedor está envolvido em inúmeras tarefas, o mentor pode dedicar mais tempo para, com sua experiência, mapear as ações que merecem mais atenção, definindo prioridades e indicando caminhos para o sucesso do negócio.

Maiores chances de sucesso

Com a vivência do mentor a seu serviço, o empreendedor amplia sua visão do futuro. E não é para menos! Contar com a orientação de quem já percorreu aquela estrada é uma vantagem que permite prever desafios e obstáculos, assim como traçar estratégias e encontrar as ferramentas certas para superá-los.

Aproveitamento de relacionamentos sólidos

Por último, mas não menos importante, precisamos lembrar que os mentores costumam ter uma excelente rede de contatos, resultado de anos de trabalho na área. E é claro que esse conhecimento pode abrir muitas portas para seu negócio! Sozinho, você certamente demoraria um tempo considerável para construir essa rede.

Onde encontrar um mentor?

Como se trata de uma relação de confiança e respeito, ela muitas vezes surge espontaneamente, pela convivência natural entre professores e alunos ou ex-chefes e funcionários, por exemplo. Já reparou, aliás, que cada vez mais universidades e cursos de pós-graduação oferecem programas de mentoria a seus alunos?

Para quem não conta com essa facilidade, porém, separamos algumas dicas para ajudar a encontrar um bom mentor. Você pode:

  • frequentar eventos de empreendedorismo e feiras de negócio: o networking é sempre o melhor caminho para conhecer empreendedores de sucesso;
  • entrar em fóruns e comunidades online: no Facebook, por exemplo, existem diversos grupos sobre o assunto, como o clube da mentoria;
  • acessar o LinkedIn e fazer conexões: essa é uma ferramenta indispensável nos dias de hoje, um meio fácil e rápido de estabelecer contato com possíveis mentores;
  • seguir o perfil de mentores nas redes sociais: essa é uma ótima oportunidade para conhecê-los melhor e encontrar alguém com quem se identifique. Afinal, para o processo de mentoria funcionar, é preciso que haja uma conexão entre mentor e mentorado.

Ao iniciar um negócio próprio, o empreendedor tem que lidar com muitas áreas nas quais possivelmente não tem experiência. Além da atividade-fim desempenhada na empresa, são necessárias habilidades de gestão financeira, planejamento, comunicação e relacionamento, entre tantas outras. Por isso, contar com a mentoria de alguém com experiência no ramo pode ser fundamental para focar no que é realmente relevante.

Como você viu aqui, afinal, o mentor vai prepará-lo para os desafios e obstáculos que surgirão pelo caminho. Bem mais interessante e seguro percorrer essa estrada, não concorda?

Por fim, se você se interessa por este tipo de conteúdo, assine a nossa newsletter! Assim, receberá diretamente na sua caixa de entrada posts selecionados especialmente para você!

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: