Saiba como construir uma rede de empreendedores que gere vantagens

Guia do MEI e ME
Publicada em 28/11/2018 - Fonte: Serasa Empreendedor

Quando você está começando um negócio e é completamente novo na sua área de atuação, fazer o chamado networking pode ser bem complicado. Mas a verdade é que esse processo também não é dos mais fáceis mesmo para um empreendedor que já tem uma empresa estabelecida, viu? Afinal, criar relacionamentos demanda tempo. É preciso ter empatia, gerar confiança e até estabelecer um certo nível de proximidade.

Portanto, para criar uma rede de empreendedores com o propósito de alavancar seus negócios e auxiliar na sua carreira, você tem basicamente 2 opções: construir uma rede do zero ou entrar em uma já existente. Lembrando que essas opções não precisam necessariamente ser excludentes. É isso mesmo: você pode aproveitar o melhor de ambas!

Se você já tiver algum contato e essa pessoa confiar no seu trabalho, ela poderá apresentá-lo para outros profissionais do ramo e até incluí-lo em um projeto já está em andamento. E não precisa ser um grande figurão do ramo! Estamos falando desde alguém que você conheceu em um curso da sua área ou de um contato estabelecido em um evento, por exemplo.

Ainda que você não receba tanto dinheiro no começo, poderá expor seu trabalho para outras pessoas do mercado que, gostando do que virem, poderão entrar em contato com você novamente no futuro. Você tem que começar de algum ponto, não concorda?

Além de entrar em um grupo já existente, você também pode explorar a possibilidade de formar sua própria rede, começando do zero. Para saber como fazer isso, continue lendo este post!

Apresente propostas que gerem valor a outros negócios

Busque sempre ajudar as pessoas de forma sincera. Por mais que possa parecer um contrassenso ajudar alguém sem necessariamente buscar algo em troca quando é justamente você quem precisa de auxílio, o interesse puro só afasta boas oportunidades. Não, isso não quer dizer que você precisa praticar caridade com sua forma de sustento, ok? É simples: se alguém precisar de alguma ajuda pontual, ajude!

Isso também gera a oportunidade de usar o gatilho mental da reciprocidade. Pense bem: como as pessoas não gostam de se sentir devendo algo a alguém, tendem a buscar por formas de retribuir. Funciona, assim, quase como um favor.

Além disso, mesmo que não haja retribuição imediata, você pode apresentar uma proposta para esse outro empreendedor, de forma a combinar seus serviços com os dele, resultando em uma oferta com maior valor agregado. Assim, tanto os clientes dele quanto os seus podem conhecer o trabalho de ambos!

Lembre-se de que essa combinação também pode ser feita com empreendedores de outros nichos de mercado e que a parceria pode ser feita mais vezes. Isso sem falar na oportunidade de ambos gerarem vendas, mesmo que separados, para clientes que não os conheciam antes da produção do trabalho em conjunto.

Participe de eventos e faça palestras

Eventos de empreendedorismo 2018
Eventos são uma ótima oportunidade para aumentar a sua rede de contatos

Se você já está no ramo há mais tempo e busca expandir sua rede de contatos, fazer palestras é uma boa opção, mesmo que em eventos menores. Ao palestrar, você já se posiciona como uma autoridade no seu nicho de mercado, além de estar exposto para muitos outros profissionais que atuam no mesmo segmento que o seu.

A partir das palestras e das conversas dos bastidores, as pessoas podem aprender com você e conhecer a qualidade do seu conhecimento e do seu trabalho. Quando alguém se interessa por você, fica muito mais fácil criar um relacionamento e cultivar proximidade. Com o gelo quebrado, basta buscar oportunidades de cooperação tanto no modelo de parcerias quanto de indicações.

Caso você ainda não esteja nesse nível, não se desespere. Existem alguns truques para quem é empreendedor iniciante. A partir deles, suas habilidades para o networking vão se desenvolver naturalmente, com as experiências por que passar.

Para se aproximar das pessoas nos eventos, por exemplo, você pode começar online. Chame algum conhecido seu para participar do mesmo evento e pergunte se alguém que ele conhece também vai. Se a resposta for positiva, peça para ser apresentado! Pode acreditar: a conversa sairá de forma muito mais natural.

Mesmo se você não tiver conhecidos na área, procure quem está confirmado no evento. A parte de eventos do Facebook, por exemplo, pode ajudar bastante. Sim, muitos eventos têm a marcação na rede social. Procure conversar com quem você gostaria de encontrar, mostre interesse no trabalho da pessoa. E isso é válido mesmo se ela for iniciante, assim como você.

Evite sair atirando para todos os lados

Ao ver diversos profissionais do seu segmento em um evento, não peça cartões com as informações de contato a todos. Nada de demonstrar que você está interessado apenas no contato comercial, combinado? As pessoas querem participar de conversas construtivas, trocar experiências e conhecimento. Às vezes, você pode até não obter contatos diretos, mas pode conseguir informações valiosas em conversas como essas.

Lembre-se de que não é legal parecer interesseiro e que um bom relacionamento se constrói com tempo e dedicação. No caso do networking, o processo não é igual ao de uma venda, envolvendo um simples jogo de interesses. Na realidade, está mais para uma ajuda mútua, em que ambos devem se beneficiar da parceria.

Tenha paciência, mas esteja sempre à vista

Uma vez que você já iniciou conversas e tem alguns contatos, invista um tempo para gerenciar esses relacionamentos e aprofundar os laços. Não é o caso de forçar uma conversa, mas sim de estar atento a detalhes no seu dia a dia que possam servir como gancho para iniciar um diálogo.

Se a pessoa não estiver disponível em chats online, como o Messenger ou o WhatsApp, que tal mandar um e-mail? É possível que você tenha um retorno positivo e a conversa se dê por esse canal tão explorado no mundo dos negócios. O importante é não deixar a pessoa se esquecer de você, mantendo-se à vista.

Traga a rede de empreendedores para o mundo offline

Se a pessoa com quem você está tentando estabelecer um diálogo estiver disponível para conversar pelo WhatsApp, melhor ainda! Assim, é só continuar a conversa, desde que identifique uma reciprocidade de interesse. Quanto mais conteúdo você tiver para trocar, melhor.

Se por um acaso você tiver muito assunto e afinidade com a pessoa, percebendo que a conversa flui bem, é hora de marcar um almoço ou um café para, se for o caso, fazer sua proposta de negócio. Quem sabe você não consegue construir boas amizades a partir desse processo de networking?

Por fim, se você gostou deste conteúdo e acha que ele pode ser útil para outros empreendedores, que tal compartilhá-lo nas suas redes sociais? Você possa usar essa deixa para iniciar um diálogo e, assim, expandir sua rede de empreendedores!

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: