Trabalho ambulante ou ponto comercial: conheça as vantagens e desvantagens

Gestão
Publicada em 21/12/2018 - Fonte: Serasa Empreendedor

Trabalho ambulante ou ponto comercial? Analisar os prós e os contras dessas modalidades de negócio é muito importante para quem sonha em empreender. Para fazer a escolha certa, o empreendedor deve dar atenção especial à fase de planejamento.

Localização, segurança e proximidade com o público são itens que não podem deixar de ser considerados. Além disso, relacionar essas questões com os recursos financeiros disponíveis para tirar o sonho do papel contribui para aumentar as chances de sucesso do empreendimento.

Neste post, vamos explicar quais são as principais vantagens e também as maiores desvantagens de optar entre a forma ambulante ou a fixa. Vamos lá?

Vantagens do trabalho ambulante

Mobilidade e proximidade com o público

Sem dúvida, uma das grandes vantagens do trabalho ambulante é poder se deslocar até onde o cliente está. Isso permite o deslocamento para grandes aglomerações, como espetáculos musicais e eventos esportivos. Em épocas de temperaturas altas, é possível se posicionar em áreas praianas ou em locais de lazer. Essa mobilidade pode ser decisiva para aumentar o faturamento do negócio.

Otimização do espaço

Quiosques, carrocinhas ou food trucks, por exemplo, são desenvolvidos para que seus espaços sejam aproveitados ao máximo pelo comerciante. Isso evita desperdícios, reduz o custo inicial de investimento e contribui para que o negócio tenha um melhor desempenho logístico, permitindo que seja instalado nos mais diversos locais.

Baixo custo de instalação

As despesas para iniciar um negócio ambulante são muito menores que as demandadas por um ponto fixo. De uma carrocinha para cachorro quente passando por food trucks, o investimento para tirar o sonho de empreender aqui é muito mais viável para quem não dispõe de recursos financeiros de sobra para dar o pontapé inicial.

Desvantagens do trabalho ambulante

Falta de segurança

É inegável que a segurança pública é um dos grandes problemas que o Brasil vem enfrentando nas últimas décadas. Nesse sentido, o trabalho ambulante está mais sujeito aos perigos das ruas quando comparado a estabelecimentos fixados em centros comerciais — embora esses tampouco estejam a salvo.

Permissão de espaço

A burocracia é um fator de risco para a regularização do trabalho ambulante. As regras dependem de elaboração pela prefeitura da cidade onde você deseja trabalhar. Mesmo no trabalho móvel, é necessário ter autorização prévia e emitir diversos documentos.

As normas variam conforme as características do negócio. Vendas em feiras, eventos, por meio de isopores e food trucks, por exemplo, envolvem diferentes requisitos para funcionar. A dica é ir até a prefeitura para se informar sobre as condições impostas a fim de iniciar a comercialização dos seus produtos.

Dependência climática

A dependência climática pode ser um fator determinante para a queda do faturamento ou até mesmo para o fracasso do negócio ambulante. Dias de chuva e frio, por exemplo, comprometem significativamente a arrecadação. Mesmo que o ponto de venda esteja bem abrigado, a circulação de pessoas nas ruas diminui, o que não pode ser evitado pelo proprietário.

Nesse sentido, se você vai estabelecer o comércio em cidades que normalmente apresentam épocas de chuvas fortes, precisa avaliar esse fator com cuidado.

Falta de estoque

Sem área para armazenamento de mercadorias, a falta de estoque é uma dificuldade comumente enfrentada pelo ambulante, sobretudo quando há picos significativos de vendas.

Imagine um pequeno quiosque capacitado para armazenar o equivalente a 100 unidades de sorvete. Em um final de semana muito quente, essa quantidade será rapidamente vendida, fazendo com que o comerciante perca as horas seguintes. A solução para esse problema é desenvolver estratégias para o reabastecimento da forma mais rápida possível.

Vantagens do ponto comercial

Mais segurança

Shoppings centers e outros locais de alta movimentação de pessoas diminuem o risco da ação de bandidos. Além disso, centros comerciais normalmente oferecem segurança particular e sistemas de segurança inclusive quando os estabelecimentos estão fechados.

Fácil acesso

A reposição do estoque é bem mais rápida e facilitada quando se possui um ponto comercial. Esse fator permite que picos de vendas sejam altamente aproveitados, aumentando o faturamento do negócio.

Horário fixo de funcionamento

Ter um horário fixo de funcionamento permite que os clientes saibam quando podem contar com seu estabelecimento. Esse fator é muito importante para fidelizar o público.

Conforto à equipe e à clientela

Ter um local para se abrigar em caso de chuvas ou ar-condicionado para enfrentar o calor: o ponto comercial possui algumas vantagens em termos de conforto que podem ser aproveitadas tanto pelos funcionários quanto pelos consumidores.

Desvantagens do ponto comercial

Custos fixos e investimento inicial mais altos

Na hora de planejar o negócio em um ponto comercial, é preciso considerar despesas com aluguel, segurança, água, luz, telefone, reformas, estoque e mobiliário, por exemplo. Quando comparado à venda ambulante, esses custos são bastante elevados.

Folha salarial

Outro ponto muito importante a ser considerado é a folha salarial que o estabelecimento necessitará para se manter em funcionamento. Afinal, por mais que você deseje ficar ali o tempo todo, não conseguirá se dedicar em período integral. Lembre-se de que terá que lidar também com questões administrativas, como negociação com fornecedores, fluxo de caixa e controle do estoque.

De olho nessa necessidade, contabilize não só o salário pago a qualquer contratado como coloque também na ponta do lápis os encargos trabalhistas, como pagamento do INSS, FGTS e férias.

Localização fixa

É muito importante encontrar uma localização com grande circulação de pessoas para estabelecer seu ponto comercial. O custo do aluguel, contudo, pode se tornar uma dificuldade. Grandes centros comerciais costumam reunir milhares de pessoas todos os dias, mas cobram um alto valor do comerciante por essa facilidade.

Concorrência

Ao estabelecer um ponto comercial, você terá que conviver com os concorrentes ao seu redor. Por isso, pesquise muito bem a região em que pretende se instalar e analise se aquilo que você deseja comercializar já não dispõe de ampla oferta nessa área.

Como você pôde observar, tanto o trabalho ambulante quanto a escolha de um ponto comercial oferecem vantagens e desvantagens ao empreendedor. Para tomar a decisão correta, é preciso agir com cautela, planejamento, determinar os objetivos e compreender qual das modalidades é a mais adequada para atingir seu público-alvo e não estourar seu orçamento.

Com esses cuidados, você aumenta as chances de alcançar o sucesso, conseguindo um bom faturamento para seu negócio. Pronto para essa jornada?

Por fim, se está pensando em desenvolver ainda mais seu negócio, não deixe de entrar em contato conosco para conhecer nossas soluções voltadas especialmente para micro e pequenos empreendedores!

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: