7 passos para uma boa divulgação online do pequeno negócio

Marketing e Vendas
Publicada em 07/11/2018 - Fonte: Serasa Empreendedor
boa divulgação online do pequeno negócio

Quando você está começando um negócio, tudo parece ser mais difícil. Conseguir o dinheiro necessário para fazer a empresa andar não é nada simples. Precificar seus produtos considerando todas as variáveis envolvidas também não. E entregar os pedidos no prazo e sem erros? Um grande desafio. Quando se trata de divulgação online, não é diferente.

Para alguém que não tem conhecimento técnico em marketing digital e propaganda, as opções podem parecer complicadas. Então, surgem muitas dúvidas:

  • Como fazer a divulgação?
  • Quais canais estão disponíveis?
  • Quanto é necessário investir?
  • Isso realmente funciona?

Se está nessa situação e não tem um especialista no assunto para ajudar, continue lendo este texto, pois poderá ter boas ideias a partir dele. Ao terminar, você terá uma ótima noção sobre o que poderá usar para montar um plano de marketing a fim de divulgar o seu negócio e acerca de quais são as suas possibilidades online, mesmo se tiver pouca verba disponível para a comunicação. Vamos lá?

1. Cadastre-se no Google Meu Negócio

A primeira coisa que você deve fazer é cadastrar-se no Google Meu Negócio. Essa ferramenta é gratuita e, literalmente, coloca sua empresa no mapa. Se você tem uma padaria, por exemplo, ao cadastrá-la no Google Meu Negócio, ela aparecerá como um pontinho no Google Maps sempre que alguém pesquisar algum estabelecimento desse tipo no mapa.

A sua empresa também poderá aparecer na primeira página do Google, do lado direito da tela, quando alguém pesquisar algo referente a ela ou mesmo o nome da loja. Além disso, a partir do Google Meu Negócio, você pode colocar uma descrição da sua empresa e inserir outras informações, como telefone e horário de funcionamento.

Os usuários poderão avaliar o seu negócio, fazer perguntas, descobrir como chegar, acessar o seu site, ligar para você, compartilhar sua empresa para indicá-la para outras pessoas, além de conseguir ver fotos e vídeos. Também é possível inserir fotos 360º do local.

2. Crie páginas nas redes sociais em que o seu público está

tela com vários icones de redes sociais, entre elas facebook, twitter linkedin e instragram
Entenda em qual rede Social estão os seus clientes
Você pode criar páginas empresariais de forma gratuita em diversas redes sociais, mas é preferível que foque apenas naquelas em que o seu público está. Para descobrir quais são elas, pesquise dentro das próprias redes sociais ou fale diretamente com ele. Por exemplo, sempre que você fizer alguma venda, pergunte ao seu cliente em quais redes sociais ele está presente.

Com esses perfis, você poderá postar conteúdos sobre sua marca, seus novos produtos e, até mesmo, assuntos que tenham a ver com o universo do seu negócio, mas não necessariamente sejam sobre ele. Lembre-se de que, em algumas das redes sociais mais populares, as pessoas não estão buscando marcas e produtos, mas sim relacionamentos, notícias e conversas.

Crie uma página no facebookCrie um Perfil no Instagram

3. Não se esqueça de desenvolver um site

Algumas empresas estão presentes apenas em redes sociais. No entanto, um conteúdo mais completo sobre sua marca, seus produtos e tudo o que você quiser ou precisar falar torna-se mais viável de ser divulgado em um website.

É nele que muitos dos seus possíveis clientes irão para procurar a sessão de perguntas mais frequentes, para saber horários, informações sobre promoções e como entrar em contato, entre outros aspectos. Além disso, todas essas informações podem ser posicionadas de forma mais organizada.

Por outro lado, em perfis nas redes sociais, você não conseguirá desenvolver grandes conteúdos ou textos relevantes para o seu público. Nesse sentido, contar com um site torna-se pertinente na medida em que ter um blog inserido nele possibilitará que você efetue todas essas ações.

Assim sendo, as redes sociais devem ser um canal para a distribuição do seu conteúdo, pois apresentam mais eficiência em relação ao alcance de pessoas do que com o desenvolvimento de conteúdo.Considere usar plataformas como Wix e wordpress

4. Invista em links patrocinados ou impulsione anúncios

Se você tiver alguma verba disponível para a divulgação no meio online, utilize links patrocinados ou impulsione anúncios nas redes sociais. Caso o dinheiro seja suficiente, invista nos dois métodos. Essa parte é um pouco mais técnica, pois é necessário entender como configurar a plataforma para atingir o público correto.

Contudo, não se preocupe. O Facebook, por exemplo, conta com treinamentos gratuitos para que você possa entender como fazer as configurações corretas e aplicá-las. Em relação a outras plataformas — inclusive Google Adwords (ou Google Ads) — existem vídeos gratuitos disponibilizados no Youtube que auxiliam a ter uma boa base de conhecimento para administrar as suas páginas. O Terra Ads pode ser uma alternativa para o seu negócio.

5. Utilize e-mail marketing

tela de celular com cartinhas voando que indicam os emails chegando.
Considere utilizar o e-mail marketing como parte da sua estratégia
Por meio de formulários disponibilizados em áreas estratégicas do seu site, você consegue obter e-mails de pessoas que querem ter acesso a conteúdos mais avançados — os quais você deverá disponibilizar em um blog — ou então de indivíduos que desejam saber algo sobre seu produto ou sua empresa.

Vale ressaltar que esse é apenas um meio de conseguir e-mails. Como ele, existem outros, os quais podem ajudá-lo a formar uma base de contatos para enviar e-mails falando sobre sua marca e seu negócio. Você não precisa enviar e-mails apenas sobre suas promoções.

Uma ótima estratégia é tentar estabelecer um diálogo amigável com esses potenciais clientes, mandando, inclusive, conteúdos pelos quais eles demonstrem interesse. Assim, sua marca sempre estará presente, e quando essas pessoas estiverem disponíveis para efetuar uma compra, elas logo lembrarão de você. Existem boas plataformas de envio de e-mail marketing gratuitas que atendem bem os empreendedores iniciantes, como por exemplo o Mail Chimp

6. Faça marketing compartilhado

Quando você já estiver estabelecido, poderá considerar fazer marketing compartilhado, também conhecido como co-marketing, uma espécie de divulgação em que você faz parcerias com pessoas que não são seus concorrentes, mas têm um público semelhante ao seu. Por exemplo, se você produz cortinas, pode fechar uma parceria com um blog de decoração.

Suponha que eles vendem consultorias de como decorar um ambiente. Eles poderão utilizar as suas cortinas como referência nos conteúdos produzidos, além de indicar seus produtos para os clientes que eles atendem. Por sua vez, você poderá fornecer as cortinas com desconto quando eles forem decorar algum lugar e compartilhar no seu blog os posts deles sobre decoração.

7. Aposte tanto em divulgação online quanto offline

Ainda que existam muitas possibilidades para fazer uma boa divulgação online, a parte offline não deve ser deixada de lado. Folders, folhetos e cartões de visita devem estar na estratégia de divulgação de qualquer empresa. Esses materiais podem ter informações (por exemplo, um QR Code) que levem seus clientes do mundo offline para o online. Com isso, sua divulgação pela internet poderá ser incrementada.

Agora que você já sabe por onde começar a sua divulgação online, que tal compartilhar este post nas redes sociais para que outros colegas empreendedores que estejam começando um negócio também conheçam o caminho das pedras para fazer sua própria comunicação de marca?

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: