4 sinais de que a sua empresa precisa de um e-commerce

Guia do MEI e ME
Publicada em 04/12/2018 - Fonte: Terra Empresas
ecomerce dicas que você precisa

O empreendedor costuma ser uma pessoa sensível para perceber oportunidades e escolher um caminho inovador. Em meio às mil atribuições da rotina de se ter um negócio próprio, é possível que alguns sinais não sejam percebidos e acabem adiando a decisão de dar um salto no desenvolvimento da sua loja. Afinal, quais são os sinais de que o momento de abrir um e-commerce (uma loja virtual) chegou?

Um e-commerce é uma extensão do seu ponto de venda físico. Ao abrir uma loja virtual, é possível atingir mais pessoas com um investimento mínimo que vai caber no seu orçamento. Foto: Unsplash.
Um e-commerce é uma extensão do seu ponto de venda físico. Ao abrir uma loja virtual, é possível atingir mais pessoas com um investimento mínimo que vai caber no seu orçamento. Foto: Unsplash.

E-commerce: vendendo na internet

Vender em um ponto físico é um modelo tradicional e costuma ser a primeira opção. Porém, essa escolha limita as vendas às pessoas que passam pela rua ou região em que a sede está instalada – isso é, se o seu negócio for muito bom e os clientes fizerem a sua propaganda por aí gratuitamente.

Vai chegar o momento em que você vai precisar encontrar mais clientes para fazer mais vendas e, consequentemente, expandir as ações e lucros do seu negócio. É essa a hora de pensar em abrir um e-commerce e nós vamos te ajudar a entender os sinais que apontam nessa direção.

1- Você já tentou de tudo, mas as vendas não aumentam

Você já investiu em promoções, renovou o estoque, distribuiu panfletos na região e até tentou uma ação de marketing que chamasse a atenção do público para sua loja e nada disso aumentou a quantidade de vendas do seu negócio? A resposta que você procura pode estar na internet.

Abrindo um e-commerce, sua loja física terá uma filial virtual que funciona 24 horas por dia, têm prateleiras infinitas para expor os seus produtos e pode operar vendas sem precisar contratar alguém para atender. Você pode ir dormir com 10 vendas concluídas em um dia e, ao despertar, perceber que outras cinco foram concluídas enquanto você descansava.

2- Não consegue expandir o negócio

Você já enxugou o orçamento, tentou diminuir despesas e até trocou de fornecedores para melhorar o preço e mesmo assim não sobrou dinheiro para investir. Se você não tem capital para abrir uma franquia ou contratar funcionários, um e-commerce pode ser a alternativa para crescer sem grandes investimentos.

Uma nova sede ou a contratação de novos funcionários são despesas grandes que com certeza interferem no planejamento financeiro da sua loja. Já abrir uma loja virtual não vai zerar o seu caixa ou prejudicar pagamentos.

3- Além de não vender mais, estou perdendo clientes

Seu negócio até viveu bons momentos, mas acabou perdendo espaço para concorrentes que você não conhece e as vendas diminuíram nos últimos tempos. Esse é um sinal de que você pode estar perdendo vendas para concorrentes virtuais.

Legenda: Em 2017, 89% das pessoas que usam a internet efetuaram ao menos uma compra virtual – dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Foto: Ingimage.
Legenda: Em 2017, 89% das pessoas que usam a internet efetuaram ao menos uma compra virtual – dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Foto: Ingimage.

Abrir um e-commerce pode aumentar sua competitividade. Afinal, você vai diversificar as formas que sua loja pode atingir clientes e converter vendas sem aumentar custos. Se antes só era possível comprar de você indo até a sua loja, agora será possível comprar um item da sua loja pelo celular, computador ou tablet onde quer que o cliente esteja.

4- Meu estoque fica parado

Ter uma loja física exige que você tenha ao menos alguns produtos em estoque e isso pode minar a sua competitividade caso as vendas não aconteçam. As lojas virtuais têm uma solução para isso.

Com um e-commerce, é possível que você nem precise manter produtos em estoque. Isso porque você pode negociar diretamente com seus fornecedores e definir que eles mesmos enviem os produtos diretamente aos clientes que comprarem em sua loja. Essa solução otimiza a velocidade da entrega e diminui custos para você e para o cliente.

E-commerce: mais vendas, expansão, competitividade e menos despesas

O seu maior sonho é expandir a sua loja, certo? Mas ter capital para isso pode ser uma missão impossível, não é? É aí que entra em cena o e-commerce, uma alternativa de baixo custo para aumentar as suas vendas ao expor seus produtos para mais pessoas, diminuir gastos ao não precisar de um estoque fixo e diversificar o público que procura a sua marca como solução.

O investimento é baixo, os retornos são expressivos e de certo a parcela de um serviço de manutenção de e-commerce cabe no seu orçamento.

Acesse o blog do Terra Empresas para aprender mais sobre como digitalizar sua empresa.

Gostou desse conteúdo?
Compartilhe: